segunda-feira, 12 de agosto de 2019

NBA Experience é inaugurado em Disney Springs


A principal liga de basquete dos EUA acaba de ganhar um espaço em Disney Springs. Em uma cerimônia que contou com a presença do comissário da NBA, Adam Silver, e vários jogadores atuais e antigos, o Presidente e CEO da Disney, Bob Iger, inaugurou o NBA Experience. 

Nesta segunda-feira quem passava pela inauguração se divertiu com um DJ comandando a festa, além da presença de dançarinos. Mickey e Minnie aplaudiam a mais nova experiência em Disney Springs sob uma chuva de confetes. 


Em colaboração com a NBA, a Walt Disney Imagineering desenvolveu o NBA Experience como um local imersivo e interativo. O ambiente está repleto de 13 atividades diferentes relacionadas ao basquete em dois andares.

Ao entrar, os convidados se sentem como se estivessem andando pelo túnel dos jogadores em uma arena da NBA ou da WNBA. Você poderá tentar acertar a cesta, além de conhecer mais sobre a liga de basquete através de experiências imersivas e interativas. 


Um ingresso para a NBA Experience concede acesso a todas as atividades, em qualquer ordem que os hóspedes escolham, e podem retornar às estações durante o dia para melhorar o desempenho ou aprender ainda mais sobre o jogo, os jogadores e as equipes

sexta-feira, 9 de agosto de 2019

Desvendando os mistérios do Animal Kingdom




À s vezes é difícil a gente parar para prestar atenção em todos os detalhes nos parques em Orlando, principalmente na Disney. Nós sempre estamos correndo para as filas das atrações e restaurantes que nem pensamos como que foi difícil a concepção de ideias e a construção de um parque. O Animal Kingdom está cheio de curiosidades e, nessa postagem, nós vamos desvendar alguns mistérios. 

1 - Para a criação do Animal Kingdom, a Disney enviou uma equipe de 7 pessoas, liderada pelo Criador Executivo Joe Rohde, para uma viagem ao redor do globo em busca de uma real aparência da vida selvagem. A equipe viajou mais de 500.000 milhas. 


2 - A equipe responsável por criar o ícone principal do parque, a Árvore da Vida, levou 18 meses para criar as 325 esculturas de animais que estão estampadas no tronco. Os escultores tinham entre seis e dez horas para criar a imagem final antes que o emplastro se endurecesse.


3 - Desde que inaugurou a equipe de biólogos faz estudos sobre a vocalização de elefantes, descobrindo duas novas dessas vocalizações que nunca antes tinham sido descobertas. 

O Disney's Animal Kingdom é o lar de um dos principais hospitais de zoológicos da América do Norte, com ênfase em imagens avançadas, radiologia digital, ultra-sonografia e endoscopia. O Animal Kingdom é um dos dois únicos hospitais de animais em zoológicos dos EUA com scanners de tomografia computadorizada (TC) no local.

4 - O primeiro nascimento no parque foi de um Kudu, um grande antílope africano. 


5  - O Centro de Nutrição Animal do Animal Kingdom da Disney oferece a mais alta qualidade de nutrição animal como parte do programa de assistência médica preventiva dos serviços veterinários. A equipe de Nutrição Animal prepara diariamente mais de 1.500 dietas individuais ou em grupo e distribui mais de 10.000 libras, cerca de 4 toneladas de alimentos para os animais do Animal Kingdom. 


6 - A estrada esburacada da atração Klimanjaro Safaris foi totalmente pensada para criar uma experiência mais próxima do real. A equipe de criação combinava concreto com o solo ao redor, depois rolava pneus através dele e jogava pedras, terra e gravetos nele para criar uma experiência apropriadamente instável. Além disso, as pedras são controladas climaticamente com o objetivo dos animais sentarem nelas e ficarem visíveis aos visitantes. 


7 - As icônicas montanhas flutuantes no Vale do Mo'ara, na área de Pandora, atingem uma altura de cerca de 40 metros acima do nível do vale. Uma equipe de mais de 60 artesãos dos EUA, Peru, França, Portugal, Japão e Irlanda contribuiu para criar a paisagem dessas montanhas flutuantes. 

8 - Você não vai encontrar canudos, balões e tampa no parque, por causa da segurança dos animais já que esses produtos podem ser ingeridos. 

Nós já contamos curiosidades sobre a atração Expedition Everest aqui. 

quinta-feira, 1 de agosto de 2019

Universal Orlando anuncia novo parque, o Epic Universe


A Universal já estava fazendo suspense sobre um novo possível parque do seu complexo e o que era um rumor, acabou se concretizando. Em uma coletiva, executivos anunciaram o novo parque, Epic Universe. 

Há 8 km dos outros parques da rede, estará localizado o Epic, ao sul da Sand Lake Road e a leste da Universal Boulevard, próximo do Orange County Convention Center. O tamanho do novo parque será de 750 hectares, isso significa que terá quase o mesmo tamanho do complexo da Universal inteiro (Volcano Bay, Universal Studios, Islands of Adventure e City Walk.) Nesse espaço, estará o parque, hotéis, restaurantes e um centro de entretenimento.


Não foi divulgada nenhuma atração oficial, mas ao que tudo indica, a área da Nintendo poderá estar aqui. Além disso, rumores acreditam que haverá uma área dedicada aos monstros como Drácula, Múmia e outros. Além de supostamente poder existir atrações de Como Treinar o Seu Dragão, Animais Fantásticos e Kung Fu Panda. 

Tom Williams, diretor executivo do Universal Park & Resorts afirmou na coletiva que será "o parque temático mais imersivo e inovador que já criamos"

Na coletiva, executivos afirmaram que o parque deverá estar pronto em 4 ou 5 anos e irá gerar 14 mil empregos, além de haver um investimento de 160 milhões de dólares para fazer melhorias na principal rua que dará acesso ao parque.

quarta-feira, 31 de julho de 2019

Por dentro do Disney's Food & Wine Festival



Na nossa última viagem, nós viajamos para orlando em novembro, mês que acontece o Food and Wine festival no Epcot.  Nós já contamos sobre como funciona o festival aqui e nessa postagem vou contar a minha percepção do evento. 

A principal atração, claro, é a comida como o nome do próprio evento já diz: Festival de Comida e Vinho. Mas como que funciona esse evento? Pelo parque inteiro, são montados quiosques de culinária de vários países. Então, é possível experimentar pratos típicos dos países. Apesar da participação no evento ser gratuita, ou seja, não é preciso pagar valor adicional além do ingresso, é necessário desembolsar alguns dólares se você quiser fazer um lanche nesses quiosques. 


Há vários países representados nesses quiosques, inclusive o Brasil. No cardápio, você pode comer pão de queijo e até tomar caipirinha. Apesar de ser uma experiência legal, o sabor não é tão bom quanto aqui no Brasil. Então, a minha dica é experimentar pratos de outros países, mas se você quiser, estou colocando o cardápio abaixo para você dar uma olhada. 


Além desses quiosques, há alguns atividades extras como aulas e palestras de culinária. A grande movimentação fica por conta dos shows "Eat to the Beat" com bandas famosas.  Por causa de todos esses acontecimentos, o parque costuma ficar um pouco mais cheio do que o normal, mas não muito lotado. Eu percebi que na hora do almoço, lanche e janta os quiosques ficavam com mais filas. 


Em relação aos preços dos pratos que eles oferecem, é razoável, em torno de 3 à 8 dólares, mas fique bem ciente de que não é uma refeição completa, são lanches que servem para enganar a fome e experimentar uma culinária diferente. 

As atividades extras oferecidas, como palestras de culinária, são gratuitas ou pagas. A gente não participou de nenhuma, primeiro porque a gente queria aproveitar o parque e segundo que nem todos integrantes do nosso grupo dominavam o inglês. Já o show das bandas que acontecem em horários marcados, nós acompanhamos uma quando paramos para dar uma descansada, mas foi uns 20 minutos. E de novo, a gente queria mesmo ir para as atrações. Haaa gente não encontrou nenhuma banda que conhecíamos, pois se tivéssemos visto uma, como o Hanson que costuma cantar nesse evento, nós iríamos sentar e acompanhar tudo. Aqui vale uma dica. Você tem que ver qual é o perfil do seu grupo, se há um gosto pela culinária, prefere sentar e ouvir música ou gosta de movimento.  



Na minha opinião, esse é um evento ótimo para os turistas, imagina experimentar culinárias diferentes em um único dia.  Que demais! Porém, eu percebi que muitas das atividades acabam sendo direcionadas para pessoas que já visitam o parque com frequência e querem uma experiência diferente, ou seja, visitantes que tenham tempo para sentar e deixar de ir em atrações e aproveitar o evento em si.