terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

A incrível loja Mitsukoshi Department no Epcot

Foto: Sam Howzit/Commons Wikimedia 

Localizada em um dos pavilhões mais legais do Epcot, essa é uma daquelas lojas que você nem vê o tempo passar. Tem tanta coisa diferente que se torna uma atração à parte em sua programação. A loja se espalha por todo o comprimento do do Japão e está no térreo de um dos principais edifícios deste pavilhão. Só para você se localizar, no primeiro andar está o restaurante Teppan Edo e logo abaixo, a loja. 


Esses bolinhos de arroz são famosos na loja 


Há muitos produtos do Pokémon 

A Mitsukoshi Department vende produtos só do Japão. Então prepare-se para conhecer uma nova cultura através de compras. Você encontra desde roupas e acessórios até itens de cama, mesa e banho. Os quimonos são muito divertidos, vi várias pessoas tirando fotos com eles. Os leques também fazem a festa, sempre tem alguém com um se abanando pela loja. E tem muitos produtos do Pokémon. Vou confessar que fui atraído mesmo pelas prateleiras de comidas. Tem tanta coisa diferente! Entre os achados estão o Kit Kat de chá verde e os famosos bolinhos de arroz.



E é dentro dessa loja que está o quiosque do Pick-a-Pearl, fica bem na entrada. Quer saber como funciona? Você segue direto para o caixa, paga por uma ostra ($17,00) e recebe uma senha. Em cerca de 10 minutos, os cast members chamam a senha e você terá de escolher a ostra a partir de um tanque lotado de ostras. Dizem que as maiores e melhores pérolas estão nas ostras mais sujas e feias. A apresentação da abertura da ostra e a medição da pérola é super divertida, os cast members interagem com você. Sua pérola será medida e em seguida você poderá levá-la para casa ou transformá-la em um joia. Caso queira fazer uma joia é só se direcionar para o balcão do lado e escolher o que fazer (custo começa em $33,00). Abaixo, há um vídeo dessa experiência. 



 Se você visitar o Epcot, não deixe de ir nessa loja. 😉

sábado, 17 de fevereiro de 2018

Bagagem revistada pela TSA



Você já deve ter ouvido falar na TSA? Trata-se de um órgão governamental responsável por cuidar da segurança nos aeroportos dos Estados-Unidos. Após os atentados de 2001, o país começou uma averiguação mais severa em quem aterriza em seu solo e entre as medidas estão uma revista maior em bagagens despachadas.

Em uma das nossas voltas de Orlando, nós tivemos uma surpresa quando pegamos uma de nossas malas. Ela estava com uma fita informando que havia sido inspecionada (foto acima). Todas as bagagens despachadas nos Estados Unidos passam por um raio-x e se precisar de uma averiguação maior, a TSA  (Transport Security Administration ou Administração de Segurança do Transporte) possui autorização por lei para abrir a mala e realizar uma vistoria manualmente. Nem as malas mais protegidas, por exemplo, embaladas com plástico, escapam da revista. E se você tiver colocado um cadeado à chave, ele será quebrado e a bagagem passará o resto da viagem desprotegida.

Porém, há uma forma de evitar que as malas fiquem desprotegidas. Você pode comprar cadeados aprovados pela TSA. Esses funcionam com um código, senha, mas possuem um espaço para ser aberto com uma chave mestra que somente a TSA possui. Então, os funcionários abrem a mala com essa chave-mestra, averiguam o que tem dentro e a fecham novamente. 


Nós acabamos esquecendo de comprar um cadeado TSA e só vimos na hora  de arrumar as bagagens. Por isso, uma de nossas malas foi com cadeado à chave. O resultado foi que a TSA precisou quebrá-lo para revistar o que estávamos levando no interior. Então, eles colocaram a fita para protegê-la um pouco. E quando abrimos, encontramos um bilhete que explicava sobre a inspeção (foto acima). 


Não tem como saber qual mala será revistada. Acredito que a nossa foi escolhida, pois essa era a única que tinha alguns alimentos como biscoitos, café... Também podem ser escolhidas, aquelas arrumadas de forma que podem prejudicar a visão na hora do raio-x. 

Então, você já sabe! Quando viajar não esqueça de comprar cadeados TSA para evitar, pelo menos, que a bagagem passe a viagem inteira desprotegida. Eu apoio essa medida de segurança da TSA. É uma forma de fazer o seu voo se tornar seguro. 


sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Disney revela data de inauguração de Toy Story Land



Essa sexta-feira não poderia começar melhor. Durante a D23 Expo no Japão, o presidente do Walt Disney World Resort revelou novos detalhes da grande expansão dos parques. E a grande novidade foi revelada. O Toy Story Land será aberto ao público a partir do dia 30 de junho de 2018. Além dessa novidade, Bob Chapek reforçou outras aberturas. Tudo estará pronto até a data da comemoração de aniversário de 50 anos do complexo.

Durante o evento, Bob Chapek reforçou a inauguração da área de Star Wars para 2019 acompanhado de um novo hotel para os fãs da saga. Ainda não se sabe a data da abertura dessa nova hospedagem. Além disso, o presidente do Walt Disney World destacou novidades como a atração de Guardiões da Galáxia no Epcot, o  passeio Mickey & Minnie's Runaway Railway no Hollywood Studios e um show com a presença de personagens de Up- Altas Aventuras no Animal Kingdom. 

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Amor sem escalas no aeroporto de Orlando



Há alguns dias atrás, nós compartilhamos nas nossas redes sociais, o vídeo de um pedido de casamento feito no aeroporto de Orlando. Quem vivenciou essa experiência foi a brasileira Isabela Maia, natural de Campo Grande. Essa história que vamos contar em pleno Valentine's Day (Dia dos Namorados) começa em 2014. Isabela foi estudar inglês e Engenharia Civil nos Estados Unidos e em uma festa conheceu o atual noivo, Ande Bagdasarian.


A cena que ficou famosa nas redes sociais 

Parece que foi amor a primeira vista, pois eles trocaram números de contato naquela mesma noite. Depois, veio o namoro. Porém, o intercâmbio de Isabela terminou e ela teve que voltar para o Brasil. E Ande ficou em Tallahassee. Vocês lembram daquele ditado?  No amor, não existe distância. "No começo foi bem complicado e até chegamos a terminar por alguns meses por ser muito difícil nos vermos com frequência, mas resolvemos voltar alguns meses depois e tentar fazer dar certo. Conseguimos nos organizar bem e desde então, nos visitamos de 3 a 4 vezes por ano. Durante esses 3 anos morando em países diferentes, nós aprendemos a conviver com a distância", lembra Isabela. 

No dia do pedido, Isabela estava a caminho de mais uma das viagens para visitar o amado quando descobriu, em pleno voo, que chegaria 50 minutos antes do previsto. Isso poderia estragar a surpresa, mas tudo acabou dando certo. Ande mora em Tallahassee e já tinha combinado de encontrar Isabela no aeroporto de Orlando. Sorte que ele já estava preparado para o pedido. "Quando cheguei não o encontrei e pensei que era por que tinha chego muito antes do combinado. Então, eu vi o melhor amigo dele, que trabalha no aeroporto. O mesmo criou uma história que o Ande tinha se atrasado e precisávamos esperar em outro lugar. No caminho, Ande sai de traz de um pilar", conta ela.  



É claro que essa sensação somente quem vivenciou pode descrever: "Fiquei muito surpresa e quando ele fez o pedido, eu senti a maior felicidade do mundo! Foi indescritível, eu queria pular e só conseguia dar muita risada! Todo mundo no Brasil e nos Estados Unidos ficou muito feliz com a surpresa e eu nunca recebi tantas mensagens ao mesmo tempo!". 

Alguns dias depois, o Facebook oficial do Aeroporto de Orlando compartilhou o vídeo do pedido e  surpreendeu o casal. "Está sendo muito legal receber mensagens de conhecidos e desconhecidos, lembramos e contamos sobre esse momento toda hora", diz Isabela. 

Você já viu o vídeo do pedido no aeroporto de Orlando? Não? Nós vamos compartilhar de novo na nossa página do Facebook. Basta acessar  o link.