sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Club Cool é o paraíso dos refrigerantes



O Club Cool está localizado no Future World, no Epcot e é o lugar em que você pode experimentar refrigerantes de vários sabores do mundo. E o melhor, tudo de graça. Esse local era chamado originalmente de Ice Station Cool e ganhou o nome atual em 2005 após uma remodelação. Muitas pessoas consideram uma atração. Patrocinado pela Coca-Cola, os visitantes podem experimentar refrigerantes de muitos países, incluindo o Brasil. Funciona assim, ao entrar na loja, direcione-se para as estações de refrigerantes, perto do caixa. Lá, você tem à disposição copos de papelão. Pegue um e escolha o sabor. Só cuidado para não derrubar o copo, como eu fiz na minha última visita. 😅😅 


Atualmente você pode optar pelos sabores abaixo: 

- O Beverly é da Itália e tem um sabor bem amargo. Não gostei muito desse, mas experimente.  😖

- O Fanta Abacaxi é encontrado na Grécia, tem um sabor delicioso. 😊

- O Fanta Melão da Tailândia é muito bom e foi lançado por causa do clima tropical, muito refrescante. 😊

- VegitaBeta - Essa é do Japão e combina sabores de damasco e maracujá. Tem um sabor diferente. 😊

- Bibo - Esse é encontrado no sul da África e é uma mistura de suco de frutas. 😊

- Sparberry - Este refrigerante à base de creme de framboesa é o favorito do Zimbabwe desde 1955. 😊

- Inca Kola - O sabor é do Peru e o gosto é muito doce. Não curti muito esse.  😖

- Kuat - Esse você já está cansado de ouvir. É aqui do Brasil. 😊


Porém, não vamos esquecer que esse lugar também é um loja e lá você encontra diversos produtos da Coca-Cola como camisetas e acessórios, produtos para casa, lembrancinhas... 

segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

A estratégia Disney durante feriados movimentados


Hoje, dia 25 de dezembro, é Natal e a maioria das lojas não abrem em Orlando. Os turistas têm apenas uma opção, visitar os parques, que ficam lotados. A partir de 12h30, horário de Orlando, a Disney emitiu um aviso informando o fechamento de suas portas para alguns visitantes. O horário de reabertura estava prevista para às 5:30 p.m., mas reabriu no horário da 1h20. p.m. As pessoas que possuíam ingressos simples para o Magic Kingdom não estavam autorizadas a entrar. 

É claro que se você fosse barrado, ficaria decepcionado. Então, a Disney utiliza de uma estratégia para essas dias de superlotação. Funcionários oferecem cupons de vale estacionamento gratuito e vale refeição rápida para aqueles clientes que tiveram a entrada no parque negada. 


A  Disney chama essa ação de Fase "B" e significa que o parque não fecha para todo mundo, mas algumas pessoas podem ter que esperar para entrar. O aviso não quer dizer que o parque atingiu a capacidade máxima, mas sim que  chegou em uma situação que é preciso esperar um tempo para a multidão se dispersar. Quando atinge essa fase, somente estão autorizados a entrar os seguintes visitantes: 

1 - Os hóspedes dos hotéis da Disney incluindo os hotéis Swan, Dolphin, Shades of Green, Four Seasons e Hotel Plaza Boulevard que chegam de ônibus

2- Visitantes com passaportes Anuais e Premium da Walt Disney World

3- Convidados com pacotes Memory Maker, com bilhetes Park Hopper que estão entrando novamente ou provenientes de outro parque, com reservas de restaurantes

4- Convidados com reservas para Pirates League, Bibbidi Bobbidi Boutique ou Harmony Barber Shop 

5 - Visitantes com reservas FastPass + se estiverem hospedados em um hotel Walt Disney World Resort

Após o Natal, a movimentação só aumenta. Então, se estiver por Orlando, prepare-se. 

domingo, 24 de dezembro de 2017

O delicioso Dippin' Dots Ice Cream

Foto: Viva Disney e Orlando 

Se você prestar bastante atenção ao andar em Orlando, poderá perceber algumas pessoas comendo um sorvete diferente. Trata-se do Dippin' Dots, uma marca de sorvete muito famosa nos Estados Unidos. A primeira coisa que chama a atenção é o formato que ele aparenta, não é de um sorvete comum, mas são bolinhas de sorvete. Em Orlando, você pode experimentar em diversos locais, inclusive nos parques. Nós do Viva Disney e Orlando,  compramos no Islands of Adventure. Porém, também estão disponíveis no SeaWorld, no Busch Gardens e em outros locais que você confere aqui.  

Eu virei fã desse sorvete, pois como tenho intolerância à lactose, encontrei uma opção que eu posso comer, um sabor que vou explicar daqui a pouco. Ao pesquisar sobre essa marca, descobri que ela foi criada em 1988 pelo microbiologista Curt Jones utilizando uma tecnologia criogênica. No início dos anos 90, o Dippin'Dots começou a fazer sucesso em parques de diversão e hoje você encontra em centros comerciais, lojas próprias, arenas, estádios, cinemas... 


Em relação aos sabores são muitos que você pode olhar aqui. Porém, nos parques não há diversas opções. Atualmente no SeaWorld e no complexo da Universal você tem à disposição os sabores: Vanilla, Banana Split, Chocolate, Rainbow Ice e o Cookies 'n Cream with oreo. Os preços variam. O pote regular custa 4,99 dólares e o large 5,99 dólares. 

O Viva Disney e Orlando experimentou o Rainbow Ice que é uma junção de vários sabores de frutas. Como disse, escolhi essa opção, pois é o único vendido nos parques que tem apenas traços de lactose, ou seja, que é feito nos mesmos equipamentos que são produzidos os outros e que podem ter resquícios de leite. 

Sabe aquelas sobremesas que você não pode deixar de experimentar em Orlando? Essa é uma delas, coloque na sua lista e saboreie um delicioso Dippin' Dots ice cream. 😜

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Os motivos dos parques não permitirem flash nas atrações


Você já deve ter ouvido aquela famosa frase nos parques: Please, no flash photography. Isso quer dizer que não é permitido utilizar o flash de câmeras fotográficas durante atrações e espetáculos. Esses avisos são emitidos em sistemas de som, placas e por funcionários. Quem pensa que isso serve apenas para os visitantes comprarem as fotos nas saídas dos brinquedos, está enganado. Há muitos motivos que nós vamos explicar nessa postagem. 😉



A principal razão dos parques não permitirem o flash de câmeras é por causa que essa luz indesejada pode estragar a magia do passeio. Já imaginou você estar na atração da Mansão Mal Assombrada e todas as luzes acenderem? As iluminações que existem nos brinquedos são colocadas estrategicamente para criar uma experiência única. O flash pode fazer aparecer fundos de parede, equipamentos e outros acessórios que eram para estar apenas nos bastidores. 

Porém essa não é a única razão da proibição. Algumas pessoas sofrem de enxaqueca e epilepsias severas que podem ser desencadeadas por luzes repentinas. Algumas atrações você consegue ver o veículo de passeio dos outros visitantes e o flash pode chegar até eles. 




E ainda tem mais um motivo. Caso você esteja em uma atração com artistas em um show ao vivo, como por exemplo, do Rei Leão (Festival of the Lion King), o flash pode prejudicar a performance. Caso a luz altere a visão do artista, o mesmo pode se perder nos movimentos que são muito bem definidos nos ensaios. Pode acontecer de colidir com outro colega de elenco, com objetos do cenário ou até cair.

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Patrícia Maldonado e a vida em família


"Família é tudo!" Essa frase costuma aparecer com frequência no vocabulário de Patrícia Maldonado. E foi com essa ideia na cabeça que a jornalista decidiu sair do Brasil em busca de melhor qualidade de vida com o marido Guilherme Arruda e as filhas Nina e Maitê. Patrícia e a família pousaram em Orlando e é lá que eles acumulam experiências para a vida. 

Patrícia tem uma carreira de sucesso. Após iniciar no jornal Folha de São Paulo, ganhou destaque como repórter na EPTV e TV Aliança Paulista, emissoras afiliadas a TV Globo. Apresentou o programa Troca de Passes no canal a cabo Sportv cobrindo a Copa de 2002, os Jogos Panamericanos e o Brasil Open de Tênis. Na Rede Record, apresentou diversos programas como Tudo a Ver, além de cobrir a Copa de 2006. Na Band, comandou o Primeiro Jornal e o Jornal da Band, participando da cobertura da Copa de 2014. 

Após a mudança para os Estados Unidos, Patrícia criou o blog Família Muda Tudo e é claro que o sucesso já era anunciado. Em quase três anos, recebeu cerca de 700 mil visualizações. E com tanta experiência em família, Patrícia se tornou colunista da Revista Crescer.  

O Viva Disney e Orlando conversou com Patrícia Maldonado sobre a mudança para Orlando. Confira a entrevista abaixo: 


Viva Disney e Orlando: Por qual motivo você decidiu morar em Orlando? 

Patrícia Maldonado: Desde que minhas filhas nasceram eu coloquei na cabeça que precisava de um lugar mais seguro para morar. Por conta da carreira adiei esses planos e, durante esse período, sofri com a violência do nosso país. Quando surgiu a primeira oportunidade de finalmente mudar nem pensamos em outro lugar: Orlando era a melhor opção, na nossa opinião. A cidade tem tudo que a gente precisa, nos atende 100%. É perfeita para a vida em família.

Viva Disney e Orlando: Qual foi a maior dificuldade na mudança para os Estados Unidos?


Patrícia Maldonado: A distância de quem a gente gosta. Amigos de longa data e familiares fazem muita falta.


Patrícia com as filhas Nina e Maitê 

Viva Disney e Orlando: Conte como nasceu a ideia de criar o blog Família Muda Tudo.

Patrícia Maldonado: Surgiu da vontade de ter um espaço para desabafar, da necessidade de uma jornalista de colocar ideias no "papel". O bacana é que, de repente, eu vi o blog tomando corpo, ganhando espaço. Em quase três anos, mesmo sem a dedicação integral que eu gostaria de ter, ele já recebeu quase 700 mil views.

Viva Disney e Orlando: Qual é o seu lugar de entretenimento preferido em Orlando?


Patrícia Maldonado: Amo os parques, qualquer um!! Sou mais criança que minhas filhas!!

Viva Disney e Orlando: Que dicas, além dos pontos turísticos clássicos, você daria para os nossos leitores?


Patrícia Maldonado: Adoro almoçar em Crooked Can Brewing Company nos finais de semana, um galpão com vários restaurantes e uma cervejaria em Old Winter Garden.

Viva Disney e Orlando: O que Orlando representa para você?

Patrícia Maldonado:Qualidade de vida!

Viva Disney e Orlando: Que dica você daria para as famílias que têm o sonho de morar nos Estados Unidos? 

Patrícia Maldonado: Minha dica é: comece conversando com um advogado de imigração. A segurança de estar legal no país faz toda diferença.

Viva Disney e Orlando: Deixe um recado para os nossos leitores visitarem o blog Família Muda Tudo.

Patrícia Maldonado: O recado é: se você gosta do assunto: FAMÍLIA não pode deixar de conhecer o meu blog!


Para visitar o blog Família Muda Tudo, clique no link. Siga Patrícia nas redes sociais, no Instagram e no Facebook

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

A estratégia Disney durante problemas técnicos

Saída alternativa na atração Under the Sea 

A Disney preza muito para que nada dê errado durante o seu passeio nas atrações. Porém, de vez em quando acontecem alguns problemas técnicos. E como que a Disney age nessas situações? Nós vamos contar agora. Na nossa última visita ao Magic Kingdom, nós estávamos na fila da atração Under the Sea - Journey of the Little Mermaid e começamos a notar que estava demorando demais, até que anunciaram problemas técnicos na atração. Em alguns minutos, dois cast members começaram a abrir saídas alternativas na fila. Além das desculpas, eles também ofereceram dois FastPass + para usarmos ao longo do dia. Quando se está na fila fica mais fácil, mas quando os visitantes estão dentro do brinquedo? 

Nessas situações, a Disney é mais cautelosa. Quando um veículo do brinquedo para dentro das atrações, a primeira ação é emitir um aviso no sistema de som. A frase que você vai ouvir é essa aqui: At this time the attraction is experiencing technical difficulties and is unable to continue your trip to the concert. Please remain seated. A cast members on their way to assist you and will be arriving momentarily. 

A frase significa que a atração está enfrentando problemas técnicos e que um cast member já está a caminho. Quando o funcionário chega, ele precisa passar tranquilidade e é por isso que a maioria deles aparece com um sorriso e dizendo frases para todos se acalmarem. Então, outro cast member os acompanha até a saída da atração que muitas vezes é feita pelos bastidores dos parques. Por causa disso, você poderá ouvir os funcionários dizendo para não filmar e tirar fotos. Ao final, você também ganha FastPass + para retornar um outro horário. 


Você que já vivenciou uma evacuação de uma atração da Disney deve se perguntar o que está acontecendo para o brinquedo parar de funcionar. Os funcionários não irão lhe dizer, até mesmo para não criar pânico. Além de quedas de energia, podem ter sido visitantes que tenham se ferido ou violado regras de segurança. Uma vez, durante o passeio na Splash Mountain no Magic Kingdom, um visitante conseguiu abrir a barra de bloqueio e pular para fora da atração. Então, é claro que a Disney  paralisou o brinquedo. 


Há outros exemplos. Se os problemas técnicos não forem muito graves, não ocorre a evacuação. A Disney preza pela segurança e se você vivenciar uma situação dessa, é para o seu próprio bem-estar. 

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Frases em inglês que você vai ouvir e ler nos parques



Quando você visita os parques de Orlando, há muitas frases que os funcionários irão lhe dizer e você precisa ficar atento e compreender o que ele estão lhe informando. A mesma situação acontece com os sistemas de som e placas em transportes e atrações. Abaixo, separamos algumas frases em inglês e suas traduções para você não se meter em encrenca. 

1- How many in your party? - A palavra party nessa frase significa grupo. Então, quando os funcionários nas entradas das atrações perguntarem isso, quer dizer que eles estão perguntando: quantas pessoas estão no seu grupo. Para responder, fale two, three, four... Isso serve para eles colocarem vocês no mesmo carrinho do brinquedo.

2- Road or lane one,two... - Essa frase vem logo depois que você responder a de cima e significa que é para você entrar na fila (número que o funcionário disser). 

3- Please watch your step - Essa frase significa, cuidado onde pisa e está presente em algumas placas dentro dos meios de transportes e em sistemas de som dos parques. Na Universal, você vai ouvir muito essa frase nas esteiras que levam os convidados dos estacionamentos para os parques. 

4- Hi, folks (or guys) How are you today? - Significa: Olá, pessoal! Como vocês estão hoje? Muitas vezes quando um funcionário quer puxar algum assunto com você na entrada das atrações, no caixa de lojas ou em restaurantes. 

5 - For your safety, remain seated with your arms, hands, and feet inside the vehicle at all times - Na maioria das atrações, o sistema de som irá dizer essa frase. Isso significa que é para você ficar dentro do veículo sem colocar mãos, braços e pés para fora do carrinho da atração. 

6 - Please remain seated until the vehicle has come to a complete stop - Essa frase é comum no final da atração quando os carrinhos, barcos e veículos estão chegando e isso quer dizer que é para todos permanecerem sentados até a parada completa do veículo. 


7 - Don't forget your belongings - Isso significa que é para você não esquecer os seus pertences e é dito pelo sistema de som ao final de shows e atrações. 


8 - Security Checks in Progress - Isso geralmente está na entrada dos parques e significa que há verificação de segurança com revista nas mochilas. 


9 - No flash photography - Essa você vai ouvir muito e quer dizer que não é possível utilizar o flash de câmeras fotográficas dentro das atrações ou shows.


10 - Are you ready to order? - Essa frase pode mudar de vez em quando e acontece nos restaurantes quando os garçons irão perguntar se você está pronto para fazer o pedido do prato. 


11 - At this time the attraction is experiencing technical difficulties and is unable to continue your trip to the concert. Please remain seated. A cast members on their way to assist you and will be arriving momentarily - Essa frase é dita pelo sistema de som das atrações quando as mesmas estão com problemas técnicos. Isso quer dizer que a atração está com dificuldades técnicas e não será possível continuar o passeio. Então, eles pedem para todos ficarem sentados que um funcionário já está a caminho. Quando o carrinho da atração parar completamente, você irá ouvir essa frase. 

sábado, 16 de dezembro de 2017

As vantagens de se hospedar na Disney

Por Branca Antonioli 

Se você está preparando sua tão sonhada viagem, que tal pensar em ficar em algum dos hotéis da Disney. São vários Resorts com categorias diferenciadas. Tem desde os econômicos até os de luxo. São tantas as vantagens de ficar no complexo Disney, vou enumerar para vocês:


1- Os hotéis são lindos e você tem a vantagem de poder visitar todos.

2- Há o traslado do aeroporto até o hotel com um ônibus da Disney, muito fofo.

3- Você usa ônibus gratuito para ir em todos os parques e no Disney Springs também.

4- Tem Plano alimentação, que na minha opinião, vale muito a pena, pois você pode conhecer todos os restaurantes que você quiser, no seu hotel, em outros hotéis, dentro de todos os parques e no Disney Springs. E tem restaurantes ótimos. 

5- Você pode fazer um plano que inclui diárias de hotel, plano alimentação, ingressos e o Memory Maker (fotos registradas pelos fotógrafos que estão em todos os lugares nos parques), as fotos ficam lindas.

6- Agora tem a Magic Band que é a pulseira da Disney, nela você faz tudo: entra no quarto, paga compras, entra nos brinquedos, registra as fotos, enfim, um achado, muito melhor do que cartão.

7- Você não precisa de carro enquanto está no complexo, pois consegue fazer tudo com o ônibus, muito bom porque dá para economizar com o aluguel de carro e estacionamentos.

Enfim, uma boa pedida né! Os hotéis são lindos e as fotos ficam perfeitas.

Por Branca Antonioli 



quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Como a compra da Fox pela Disney atingirá os parques

A maior empresa de entretenimento do mundo fica ainda maior. 


A Disney adquiriu parte da 21st Century Fox por 52,4 bilhões de dólares e a partir de agora é dona de mais filmes, animações e séries televisivas. A Fox resolveu vender parte de seu portfólio por um motivo que tem preocupado muitos conglomerados de produção de conteúdo, o surgimento de plataformas streaming que tem tomado lugar de muitos canais televisivos e até mesmo superproduções do cinema. A Disney está pensando no futuro e está assumindo uma postura de "engolir o máximo de marcas possíveis" para se manter forte no mercado competitivo. Uma outra razão pode ser a saída de Bob Iger, CEO da Disney, que está programada para 2021. Boatos dizem que um forte nome da Fox pode assumir o comando da empresa. 

Afinal, o que a Disney acaba de comprar? A resposta é muitos sucessos como X-Men, Quarteto Fantástico, Deadpool, a franquia Alien, Planeta dos Macacos, Titanic, A Era do Gelo, Os Simpsons, O Arquivo X, American Horror Story, Homeland, Modern Family e Avatar. Além disso, a compra inclui a Endemol dona de formatos de programas de TV como Big Brother e Masterchef. 

Todas essas aquisições incluem também estúdios da Fox espalhados por Hollywood e que agora a Disney é proprietária. Essa compra foi muito bem analisada. Com o lançamento do próprio serviço de streaming da Disney (em 2019), todas essas aquisições aumentarão o portfólio de filmes e  tornará o futuro serviço um forte concorrente do  Netflix. 


E em relação aos parques? Como que todas essas novas aquisições poderão se tornar atrações? Parece que essa compra já estava prevista quando a Disney construiu Pandora, The World of Avatar no Animal Kingdom. O anúncio era somente uma questão de tempo. É bem provável que novidades possam surgir nos parques temáticos da Disney, embora seja difícil visualizar brinquedos de Alien, Planeta dos Macacos e Titanic. 

Você deve estar imaginando também como que os parques da Universal irão lidar com esse acordo histórico. Será que atrações poderão sair da Universal Orlando Resort? Ainda é muito cedo para prever qualquer mudança, mas nada deverá mudar. Por exemplo, a Universal fez um acordo com a Marvel 15 anos antes da empresa se tornar da propriedade da Disney. E esse contrato diz que o Universal Orlando Resort pode ser o único lar do do quarteto fantástico, homem aranha e seus companheiros super-heróis.  

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Pop Century Resort: uma viagem no tempo


Em nossas viagens sempre separamos nossas hospedagens em duas partes, na primeira ficamos em um hotel da Disney por causa dos ótimos benefícios e depois saímos para um local com apartamentos mais amplos. Nessa nossa última vez, o escolhido da Disney foi novamente o Pop Century Resort, um hotel econômico com temática dos anos 20. Essa foi a nossa segunda vez e, como sempre, estava tudo perfeito. Primeiramente, é preciso explicar o motivo desse hotel ser considerado econômico. Além das diárias serem mais baratas, os quartos são mais simples, os mais comuns são com duas camas e banheiro. Para nós que estávamos em quatro e só chegávamos à noite para descansar, foi o suficiente. Nós reservamos com cerca de seis meses de antecedência, ainda no Brasil.


 Ao chegarmos ao aeroporto, o nosso transporte já estava lá, o Disney's Magical Express, um traslado gratuito do aeroporto-hotel e hotel-aeroporto que a Disney oferece para os seus hóspedes. Após alguns minutos, já estávamos no Pop Century Resort. Fomos direto para a fila do check-in online, pois já tínhamos feito no Brasil antes da partida. Essa é uma dica importante, ao realizar o check-in online você pode escolher as opções de quartos. Escolhemos no terceiro andar (para não ter vizinho em cima) e próximo aos pontos de ônibus, meio de transporte para os parques. Quando chegou a nossa vez na fila, o funcionário pediu o sobrenome, entregou as magic bands e nos mostrou em um mapa de papel onde que ficava o nosso prédio. Pronto! A nossa estadia perfeita tinha começado. Chegamos no quarto, abrimos a porta com a nossa magic band (sim, ela é a chave do quarto) e começamos a desarrumar as malas. 


Os quartos são confortáveis, o nosso era com duas camas de casal e um banheiro. A limpeza dos quartos são diárias e não esqueça de deixar gorjeta. Nós sempre deixávamos um dólar com um bilhete de agradecimento e alguns chocolates. Às vezes você pode ser surpreendido com algumas surpresas que as camareiras preparam. Na nossa primeira vez, ela sempre fazia uma escultura com a toalha. Porém, não é sempre que elas fazem, acredito que é quando tem crianças no grupo. 



O café da manhã, almoço e jantar acontece no Everthing Pop Shopping & e Dinning, uma praça de alimentação onde você pode realizar lanches rápidos. Com uma bandeja, você passa por balcões onde é possível pedir pratos como waffles, omeletes, hambúrgueres, saladas...O cardápio varia conforme a refeição (café-da-manhã,almoço e jantar). E você também pode pegar snacks e bebidas como biscoitos, cookies, sucos, achocolatados, água...


As opções não são as mais saudáveis, mas é o que eles oferecem. Se quiser se alimentar melhor, peça uma salada ou pegue potes de frutas cortadas. Ao terminar de se servir, você paga e sai para as mesas e bem no centro estão as estações de bebidas (café, refrigerante, chocolate quente e chá) e os locais para pegar guardanapos e talheres. E você deve estar se perguntando por qual motivo que no nome do restaurante tem shopping. É que acoplado ao restaurante, há uma loja com diversos produtos Disney. 


Em relação ao entretenimento, é possível se divertir na sala de jogos arcade e nas piscinas com recreação infantil. A piscina principal fica bem no centro do resort e é a maior de todas. Porém, há outras menores espalhadas pelas áreas. 

A vista do nosso prédio, da década de 50 

Sim, o Pop Century é separado por áreas, prédios na qual cada um possui uma temática diferente (anos 50, 60,70,80 e 90). A decoração é que identifica qual década que você está hospedado e não se preocupe, pois os personagens da Disney estão por todos os lados. Nós ficamos hospedados no prédio da década de 50 e gostamos muitos, pois não é tão longe do prédio principal onde está o lobby, o restaurante e o transporte de para os parques. Além disso, em cada andar há um local em que você pode pegar gelo e máquina de snacks. Nos três últimos dias, descobrimos um bebedouro escondido e que foi muito útil para encher as garrafas. Acredito que escondem o bebedouro para todo mundo comprar garrafa de água no restaurante, e que não é barato. 


As outras amenidades que o resort possui são: lavanderia na qual você mesmo lava e seca as suas roupas, estacionamento e wi-fi gratuitos e caixas eletrônicos. E quando chegar o fim da sua estadia, nem se preocupe em ficar na fila para fazer o check-out, pois o mesmo é automático. 

Reformas nos quartos 


Até maio de 2018, todos os quartos do Pop Century passarão por uma remodelação e ficarão mais modernos e confortáveis. Os quartos com duas camas passarão a ter uma cama fixa e a outra fica escondida onde é a mesa. 

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Sheraton Vistana Villages: conforto e praticidade

Foto: Sheraton Vistana Villages 

As nossas viagens para Orlando são sempre separadas em duas partes. Na primeira, nós ficamos hospedados em um hotel da Disney por causa dos ótimos benefícios. E depois, vamos para um hotel  que possui apartamentos completos com cozinha, máquina de lavar e quartos mais amplos. Além disso, mais próximo das outras atrações da cidade. Em nossa última viagem retornamos ao Sheraton Vistana Villages, nossa terceira vez.

Localizado na International Drive, há cerca de 2 minutos do Vineland Premium Outlets, o Sheraton Vistana Villages é um condomínio com diversos prédios. E por se tratar de condomínio, o ambiente é muito seguro. Para entrar, você precisa passar por uma guarita. Nessa última estadia, chegamos por volta das 11h. Apesar do check-in estar disponível a partir das 16h, conseguimos adiantá-lo. Os funcionários são muito atenciosos. Demos um caução de 50 dólares e a funcionária pediu qual andar gostaríamos de ficar. Escolhemos o terceiro e ela já nos mostrou um mapa de onde ficava o nosso prédio. 






Há diversas opções de apartamentos. Como sempre viajamos em quatro, preferimos os mais amplos. Nós sempre escolhíamos um apartamento com um quarto e sofá cama, mas nessa última escolhemos com dois quartos e dois banheiros. Além disso, qualquer opção, terá à disposição cozinha equipada, área de serviço  com máquina de lavar e secar, varanda e sala. 


Não são todos os apartamentos que possuem limpeza de quarto. No nosso sempre tinha e as camareiras eram sempre atenciosas. Uma vez ela esqueceu de colocar shampoo e condicionador e trouxe muitos outros para compensar. Quando fui agradecer, ela me disse  em inglês, muito gentilmente, que esse era o trabalho dela. 




A cozinha era uma prioridade para nós, pois além de poupar com alimentação, nós podíamos cozinhar comidas mais saudáveis. Havia uma panela, uma frigideira, copos, xícaras, pratos, talheres, torradeira, cafeteira, geladeira e máquina de lavar louça. O serviço de limpeza sempre deixava pó de café da marca Starbucks, detergente para colocar na máquina de lavar louça e panos para pia. 
Os quartos eram muito bons. Tudo com muita qualidade: camas, lençóis, televisão. 



O Sheraton Vistana Villages possui piscina com bar, restaurantes, um mercadinho, computadores, redes espalhadas por vários lugares e muito conforto. Tem até um lago com patos, onde a gente pode dar comidas para eles. É claro que Orlando tem muita coisa para fazer e você quase não fica muito do hotel. Gostaria de ter aproveitado mais a infraestrutura que eles oferecem.  


Essa foi a terceira vez que nos hospedamos nesse hotel e sempre nos sentimos muito seguros, que é a prioridade para todo mundo. 


A única coisa que eu não gostei dessa nossa última estadia, foi na hora do check-out. Nós precisávamos fazer a saída às 10h, faltavam alguns minutos e já tinha um funcionário do lado de fora para limpar o quarto, isso fez a gente se apressar um pouco e não se sentir muito confortável. No check-out pegamos os 50 dólares que deixamos de caução, entregamos os cartões (chaves do quarto e para o acesso do estacionamento), agradecemos e saímos. 


O hotel é ótimo, indico para todo mundo que procura um apartamento com cozinha, máquina de lavar e secar e conforto. Você pode conferir o preço das diárias e outras informações aqui. 


sábado, 9 de dezembro de 2017

O incrível Planet Hollywood Observatory

Foto: Disney Springs 

Nós sempre gostamos muito de jantar no restaurante Planet Hollywood por causa da temática de filmes e em nossa última viagem não poderíamos de deixar de visitá-lo após a reforma. Logo na entrada, você já percebe a modificação. Um observatório do século 20 dá as boas vindas aos visitantes e no interior, onde estão as mesas, é como se você estivesse em um planetário. 

A fila para entrar no restaurante

Chegamos em Disney Springs, onde está o restaurante, por volta das 19h, mas como a nossa reserva era somente às 20h30, fomos passear um pouco pelo centro de entretenimento. Quando chegou a hora, fomos até o o Planet Hollywood e comunicamos na entrada que tínhamos reserva. Uma das funcionárias entregou um papel com um número e pediu para subirmos ao primeiro andar onde estão as mesas.

A tela gigante com trailer e cenas de filmes 

No caminho, percebemos que muitas peças de filmes, que antes decoravam o ambiente, foram retiradas. Isso deixou a gente um pouco triste, pois nós sempre tirávamos fotos com figurinos e equipamentos utilizados nos principais filmes de Hollywood. Porém, o sentimento logo passou quando chegamos no lugar em que íamos comer. Todas as mesas são viradas para uma tela gigante onde passam trailer de filmes que estão sendo lançados, clipes de músicas e uma homenagem para os aniversariantes que estão comemorando no restaurante. É incrível como a tecnologia auxiliou ainda mais em criar um ambiente divertido e descontraído. 





O garçom trouxe o cardápio e escolhemos os pratos. Como estávamos cansados de hambúrguer, pedimos algo diferente. Como eu tenho intolerância à lactose, o chef veio até a nossa mesa para dizer o que eu poderia escolher. Acabei com um prato de macarrão com molho de tomate (e que molho). Os molhos de tomates dos restaurantes dos EUA são muito saborosos. O meu irmão acabou pedindo uma carne grelhada com vagem e batatas fritas. O meu pai e minha mãe escolheram saladas (Chicken Caesar e Caesar Salad). Confira o menu completo aqui.  


O atendimento foi ótimo, todos muito atenciosos, como sempre. Comparado em relação ao ambiente antes da reforma, prefiro o atual, o antigo era um pouco poluído demais. Nós acabamos não pedindo sobremesa no Planet Hollywood, e o preço para os quatro pratos e quatro bebidas saiu cerca de 105 dólares sem a gorjeta. Sim, não é um preço barato, mas é uma incrível experiência que você deve analisar em colocar no seu planejamento.


E se você for visitar esse clássico restaurante norte-americano, vai ver o tempo passar rápido, pois a tela com trailers e música divertem os convidados. Quase ia me esquecendo! Na saída, tem uma lojinha caso você queira comprar produtos do PH. 

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Dicas para a sua viagem

As nossas viagens são sempre em família e dessa vez Branca Antonioli, parte da família Viva Disney e Orlando, vai oferecer algumas dicas de viagem para você se planejar. 




Uma viagem internacional é coisa séria então, para não errar é preciso planejamento e organização, aqui vão algumas dicas bem importantes:

 1- Organize toda a sua documentação com meses de antecedência, isso inclui seu passaporte, visto válido e vencimento, nunca deixe para última hora.

 2- Comece a pesquisar sobre preços de voos, isso tem uma variação enorme, você pode economizar bastante fazendo pesquisas. Assim que encontrar passagens com preços bons está na hora de comprar. Não esqueça de pontuar suas milhagens, lembrando que viagens internacionais aceleram a sua pontuação, se não possui cadastro, faça com antecedência.

 3- Logo depois da compra de voos é hora de ver onde se hospedar. Pesquise bastante, peça indicações, hoje tem muitos grupos no facebook que poderão lhe ajudar.

4- Comece a comprar dólares, preferencialmente a partir de um ano antes, pois você terá vantagens comprando em pequenas quantidades. Uma boa dica é o fundo de Investimento atrelado ao câmbio. 

5- Habitue-se em fazer um check list diariamente, pois sempre aparecerão coisas que você precisará anotar.

6- Jamais se esqueça de fazer um seguro saúde, uma simples dor de garganta pode se tornar um pesadelo em terras americanas, se você não tiver um seguro.

7- Nunca deixe de confirmar sua reserva e preferencialmente comece a fazer isso uns quinze dias antes, porque voos podem sofrer alterações de horário e até de dia, e se você tem alguma conexão isso será um problema bem grande. Não seja surpreendido!

8- Faça o check in online, com a máxima antecedência possível, no site ou no app da Cia aérea. Geralmente, o check in para voos internacionais abre na internet 72 horas antes. Se você deixar para fazer só no aeroporto correrá o risco de perder a reserva de seu assento.

9- Sempre leve uma mala de mão com pertences pessoais, caso suas malas despachadas não chegarem junto com você ao seu destino.

10- Aumente seu limite no cartão de crédito, não com o objetivo de gastar, mas sim em caso de emergência não entrar em desespero, também faça um comunicado de viagem para sua operadora, para evitar compras recusadas.

11- É interessante fazer uma lista com as principais expressões da língua inglesa, sempre que possível procure comunicar-se na língua do país de destino, pois isso é apreciado e é considerada uma virtude do turista, além de nos deixar bem mais seguros.

12- Planeje a saída para o aeroporto, não saia com o tempo apertado, pois não há nada mais estressante do que embarcar afobado. Comece sua viagem com calma e com um embarque tranquilo.

13- Sempre leve uma doleira consigo, colocada por baixo da roupa, seu dinheiro ficará muito seguro e junto com você. 

Depois de toda essa cautela , que para muitos pode ser 
considerada exagero, mas não é, você poderá aproveitar muito mais sua viagem e suas férias.

Por Branca Antonioli 


terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Como é viajar com a Delta Airlines para Orlando

Foto: Delta Airlines 

Desta vez o Viva Disney e Orlando viajou com a Delta Airlines e vai contar a experiência com essa companhia aérea. Tudo começou na hora de comprar as passagens. Por ser a companhia com o preço mais barato para a época que nós gostaríamos de viajar, acabamos utilizando a Delta para ir aos Estados Unidos. Era a primeira vez que iríamos em um voo com conexão internacional, na ida em Detroit e na volta em Atlanta. Escolhemos os assentos com bastante antecedência, só que próximo do dia da viagem descobrimos que os assentos foram alterados sem nosso consentimento e sem possibilidade de alteração. Ficamos um pouco tristes, mas não foi uma alteração absurda.  Nos colocaram um pouco mais para frente. Vale a dica de ficar acompanhando a sua reserva online, pois as companhias aéreas podem trocar pessoas de assento sem aviso prévio.

Primeiras impressões 

Não conseguimos fazer o check-in online, não estava disponível. Acreditamos que era por causa que os sistemas da Gol (parceira da Delta) e Delta eram diferentes. Bom, fizemos o check-in em Florianópolis e recebemos as passagens de São Paulo-Detroit e Detroit-Orlando. Não entendi muito bem o motivo, pois em São Paulo precisamos fazer o check- in novamente. Fomos a uma sala da Delta e lá recebemos as passagens e o funcionário realizou algumas perguntas como por exemplo: quantos dias vocês vão ficar em Orlando?; qual era a ocupação profissional de cada membro do grupo?... Como a Delta é norte-americana, os funcionários podem realizar perguntas para uma maior segurança. 


O voo 


Foto: Viva Disney e Orlando 

O voo de Florianópolis para São Paulo foi através da Gol, parceira da Delta, e foi tranquilo. Às 22h começou o embarque de São Paulo para Detroit. Entramos no avião e tomamos nossos assentos. Logo, os comissários de bordo começaram a distribuir fones de ouvido e  um kit com tapa-ouvido e máscara para dormir. Também ganhamos garrafas d'água. Sim, garrafas e durou todo o voo. Gostei muito do serviço de bordo da Delta como um todo. Existiam dois funcionários que falavam português e os outros falam em inglês e espanhol, todos muito cordiais. Após alguns minutos de decolagem começaram a entregar lenços quentes para higienizar as mãos. E meia hora depois, serviram o jantar. Enquanto isso, nós assistíamos alguns filmes na tela. O serviço de entretenimento era bom, não tenho o que reclamar. De barriga cheia, fomos dormir. Não era aquele espaço confortável, achei um pouco apertado na verdade, mas é semelhante se comparado a outras companhias. Lembrando que quem deseja mais espaço pode optar pelo Delta Confort com o pagamento de alguns dólares a mais. 



Entretenimento 


Foto: Delta Airlines 

No sistema de entretenimento há filmes (nem todos com legenda e muitos em inglês), jogos, música, séries de TV e mapa de voo. Como é um voo noturno, muitas pessoas dormem, mas não é todo mundo que consegue, não é? Também há wi-fi, mas é pago à parte. Confira os preços, no site da Delta. 

Jantar 

No jantar, tinha frango ou massa, ambos acompanhados com salada, um pãozinho e uma barrinha de chocolate, diamante negro ou Laka. Como eu possuo intolerância à lactose, pedi no momento da reserva do assento (ainda no Brasil), uma refeição especial vegetariana que muitas vezes não possui lactose. E quem pede refeição especial, recebe primeiro. 😊

Café da manhã

Foto: Delta Airlines 


No café da manhã, também recebi a refeição especial. E os comissários serviram aos demais passageiros uma caixinha com uma barrinha de cereal, um potinho com frutas cortadas e sanduíche com presunto e queijo. As frutas não gostei muito, estavam duras, acho que eram congelas. Até derrubei algumas no chão ao tentar pegar com aqueles garfinhos de plástico (kkk). O que gostei muito é que entre as opções de bebidas, tinha café Starbucks. Pousamos um pouco antes do horário previsto, às 5h30 e por isso precisávamos esperar até às 6h para a abertura da imigração. 

Conexão em Detroit 


Foto: Viva Disney e Orlando 

O nosso outro voo era inicialmente às 8h, mas como achamos que não daria tempo, preferimos mudar, ainda no Brasil, para às 10h. Apesar de a Delta garantir que dá tempo para fazer a conexão, mudamos. Isso foi muito bom, pois passeamos pelo aeroporto de Detroit. O outro voo (de Detroit para Orlando) não era muito bom. O avião era um pouco velho e a limpeza não era das melhores. Porém, o tempo de voo era de somente três horas, tranquilo. Serviram um lanche (mini biscoito como pretzel, amendoim e bolacha) com bebidas.

Voo de Volta 


Foto:Viva Disney e Orlando 

Na volta, fizemos uma conexão em Atlanta. Que aeroporto gigante! Vou fazer uma matéria sobre ele aqui no blog! Bom, como ia dizendo, o voo de Orlando para Atlanta foi tranquilo, o avião também não era um dos melhores, mas era apenas uma hora e meia.

Em Atlanta, ao chegar no portão de embarque percebemos que alguns passageiros estavam estressados e falavam com funcionários no balcão. O que tinha acontecido é que o voo do dia anterior tinha sido cancelado e estavam tentando realocar os passageiros no nosso voo. Um funcionário até ofereceu 800 dólares em voucher e estadia em hotel para quem quisesse ser voluntário e oferecer o seu assento. Porém, como estávamos em quatro e tínhamos conexão em São Paulo para Florianópolis, nem cogitamos. Começaram o embarque no horário previsto, porém o voo atrasou cerca de 20 minutos. 

Fora isso, o voo estava tranquilo. Só tinha um funcionário que não estava muito cordial, com uma cara de pouco amigos. O resto estava igual a ida. 

Conclusão 

Gostei muito da Delta, apesar de alguns contratempos. Porém, eu acredito que depende de sorte. Às vezes está tudo às mil maravilhas, às vezes acontece algum atraso. De forma geral, gostei muito da Delta com funcionários cordiais, com um ótimo serviço de bordo. É uma companhia imensa. Nos aeroportos onde fizemos conexão, há muitos voos com a Delta. Em Atlanta é a sede da companhia, então imagina a quantidade de decolagens e pousos. E por se tratar de uma companhia grande, senti muita segurança durante o trajeto. Voltaria sim a viajar com a Delta.