Quem escreve 

Viajar com a família para Orlando é o hobby que eu, Pablo Mingoti, mais gosto de fazer durante as férias. Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina e estudante de Direito da Faculdade CESUSC, separo um espaço na minha rotina para compartilhar as experiências e ajudar os brasileiros que viajam para o destino mais encantador do mundo.

Read More

Receba Novidades 
  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone LinkedIn

© 2018 by Viva Disney e Orlando. Proudly created with Wix.com

  • Pablo Mingoti

Como é viajar com a Delta Airlines para Orlando

Desta vez o Viva Disney e Orlando viajou com a Delta Airlines e vai contar a experiência com essa companhia aérea


Tudo começou na hora de comprar as passagens. Por ser a companhia com o preço mais barato para a época que nós gostaríamos de viajar, acabamos utilizando a Delta para ir aos Estados Unidos. Era a primeira vez que iríamos em um voo com conexão internacional, na ida em Detroit e na volta em Atlanta. Escolhemos os assentos com bastante antecedência, só que próximo do dia da viagem descobrimos que os assentos foram alterados sem nosso consentimento e sem possibilidade de alteração. Ficamos um pouco tristes, mas não foi uma alteração absurda.  Nos colocaram um pouco mais para frente. Vale a dica de ficar acompanhando a sua reserva online, pois as companhias aéreas podem trocar pessoas de assento sem aviso prévio. Primeiras impressões  Não conseguimos fazer o check-in online, não estava disponível. Acreditamos que era por causa que os sistemas da Gol (parceira da Delta) e Delta eram diferentes. Bom, fizemos o check-in em Florianópolis e recebemos as passagens de São Paulo-Detroit e Detroit-Orlando. Não entendi muito bem o motivo, pois em São Paulo precisamos fazer o check- in novamente. Fomos a uma sala da Delta e lá recebemos as passagens e o funcionário realizou algumas perguntas como por exemplo: quantos dias vocês vão ficar em Orlando?; qual era a ocupação profissional de cada membro do grupo?... Como a Delta é norte-americana, os funcionários podem realizar perguntas para uma maior segurança. 



O Voo


O voo de Florianópolis para São Paulo foi através da Gol, parceira da Delta, e foi tranquilo. Às 22h começou o embarque de São Paulo para Detroit. Entramos no avião e tomamos nossos assentos. Logo, os comissários de bordo começaram a distribuir fones de ouvido e  um kit com tapa-ouvido e máscara para dormir. Também ganhamos garrafas d'água. Sim, garrafas e durou todo o voo. Gostei muito do serviço de bordo da Delta como um todo.


Existiam dois funcionários que falavam português e os outros falam em inglês e espanhol, todos muito cordiais. Após alguns minutos de decolagem começaram a entregar lenços quentes para higienizar as mãos. E meia hora depois, serviram o jantar. Enquanto isso, nós assistíamos alguns filmes na tela. O serviço de entretenimento era bom, não tenho o que reclamar. De barriga cheia, fomos dormir. Não era aquele espaço confortável, achei um pouco apertado na verdade, mas é semelhante se comparado a outras companhias. Lembrando que quem deseja mais espaço pode optar pelo Delta Confort com o pagamento de alguns dólares a mais. 


Foto: Divulgação/Delta Airlines

Entretenimento

No sistema de entretenimento há filmes (nem todos com legenda e muitos em inglês), jogos, música, séries de TV e mapa de voo. Como é um voo noturno, muitas pessoas dormem, mas não é todo mundo que consegue, não é? Também há wi-fi, mas é pago à parte. Confira os preços, no site da Delta.  Jantar  No jantar, tinha frango ou massa, ambos acompanhados com salada, um pãozinho e uma barrinha de chocolate, diamante negro ou Laka. Como eu possuo intolerância à lactose, pedi no momento da reserva do assento (ainda no Brasil), uma refeição especial vegetariana que muitas vezes não possui lactose. E quem pede refeição especial, recebe primeiro. 😊



Café da manhã


No café da manhã, também recebi a refeição especial. E os comissários serviram aos demais passageiros uma caixinha com uma barrinha de cereal, um potinho com frutas cortadas e sanduíche com presunto e queijo. As frutas não gostei muito, estavam duras, acho que eram congelas. Até derrubei algumas no chão ao tentar pegar com aqueles garfinhos de plástico (kkk). O que gostei muito é que entre as opções de bebidas, tinha café Starbucks. Pousamos um pouco antes do horário previsto, às 5h30 e por isso precisávamos esperar até às 6h para a abertura da imigração. 



Conexão em Detroit


O nosso outro voo era inicialmente às 8h, mas como achamos que não daria tempo, preferimos mudar, ainda no Brasil, para às 10h. Apesar de a Delta garantir que dá tempo para fazer a conexão, mudamos. Isso foi muito bom, pois passeamos pelo aeroporto de Detroit. O outro voo (de Detroit para Orlando) não era muito bom. O avião era um pouco velho e a limpeza não era das melhores. Porém, o tempo de voo era de somente três horas, tranquilo. Serviram um lanche (mini biscoito como pretzel, amendoim e bolacha) com bebidas.


Voo de Volta


Na volta, fizemos uma conexão em Atlanta. Que aeroporto gigante! Vou fazer uma matéria sobre ele aqui no blog! Bom, como ia dizendo, o voo de Orlando para Atlanta foi tranquilo, o avião também não era um dos melhores, mas era apenas uma hora e meia. Em Atlanta, ao chegar no portão de embarque percebemos que alguns passageiros estavam estressados e falavam com funcionários no balcão. O que tinha acontecido é que o voo do dia anterior tinha sido cancelado e estavam tentando realocar os passageiros no nosso voo. Um funcionário até ofereceu 800 dólares em voucher e estadia em hotel para quem quisesse ser voluntário e oferecer o seu assento. Porém, como estávamos em quatro e tínhamos conexão em São Paulo para Florianópolis, nem cogitamos. Começaram o embarque no horário previsto, porém o voo atrasou cerca de 20 minutos.  Fora isso, o voo estava tranquilo. Só tinha um funcionário que não estava muito cordial, com uma cara de pouco amigos. O resto estava igual a ida.  Conclusão  Gostei muito da Delta, apesar de alguns contratempos. Porém, eu acredito que depende de sorte. Às vezes está tudo às mil maravilhas, às vezes acontece algum atraso. De forma geral, gostei muito da Delta com funcionários cordiais, com um ótimo serviço de bordo. É uma companhia imensa. Nos aeroportos onde fizemos conexão, há muitos voos com a Delta. Em Atlanta é a sede da companhia, então imagina a quantidade de decolagens e pousos. E por se tratar de uma companhia grande, senti muita segurança durante o trajeto. Voltaria sim a viajar com a Delta. 


Fotos: Pablo Mingoti e Divulgação/ Delta Airlines


Descubra Mais


Se você quiser saber mais sobre a Delta Airlines, visite o site oficial aqui bem como o Instagram. Se você deseja saber mais sobre planejamento de viagem para #orlando, é só visitar a nossa página aqui.